Lar D Pedro V

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. OK Ler mais

LOCALIZAÇÃO / CONTATOS
  • 09:00 - Otorrinolaringologia
  • 16:00 - Nutrição
  • 17:30 - Psicologia
  • 18:00 - Gastrenterologia

PT16/05870


SERVIÇO DE EXCELÊNCIA COM CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE DO SGQ

O Lar D. Pedro V, Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), completou em agosto último, 155 anos de existência. O seu percurso evolutivo ao longo de todos estes anos basearam-se em dois conceitos fundamentais: inovação e empreendedorismo. A instituição procurou crescer, antevendo e respondendo de forma efetiva às necessidades da comunidade que a envolve.

O Lar D. Pedro V tem como missão proporcionar níveis de conforto e autonomia que conduzam a um bem-estar físico, mental e social dos seus utentes, contribuindo para a sua qualidade de vida e da comunidade. Preside ainda os objetivos da instituição constituir-se como um modelo de referência na ilha, no que se refere ao desenvolvimento humano e à qualidade dos serviços prestados. Os colaboradores do Lar D. Pedro V atuam, respeitando os valores da humanização dos serviços, a integridade e o profissionalismo.

Neste sentido, em 2011, a instituição candidatou-se a uma ação de formação sobre a implementação de Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) ISO 9001:2008, onde participaram colaboradores de todos os setores de atividade, tendo em vista a implementação de um sistema de gestão de qualidade que lhe atribuísse a certificação pela referida norma.

Apesar do processo de implementação do SGQ ter sido moroso, uma vez que simultaneamente foram realizadas obras de ampliação das instalações, das quais resultaram a inauguração a 10 de agosto de 2012, de uma nova unidade residencial, que representou um aumento da capacidade resposta aos utentes, e com obras de remodelação do edifício sede, finalizadas a 10 de agosto de 2015, o Lar D. Pedro V viu reconhecido todo o seu trabalho e esforço qualitativo em dezembro de 2016, com a emissão pela SGQ da certificação ISO 9001:2008.

Apesar do elevado patamar atingido, a instituição não se deu por satisfeita e em 2017 resolve elevar ainda mais a fasquia, elegendo-o como o ano de formação por excelência quer numa perspetiva interna como externa.

Para a formação interna, cada responsável de setor ou de valência, preparou uma pequena sessão, em que explicou os detalhes do seu trabalho aos restantes colaboradores, com o objetivo de promover um conhecimento interdisciplinar na instituição. Na formação externa, privilegiou- se a formação na ISO 9001:2015, com o propósito de fazer a transição da norma, onde compareceram as chefias intermédias, de modo a que toda a equipa ganhasse a noção de unidade, para a execução eficaz e qualitativa das suas funções.

Já durante o processo de transição da norma e na análise de riscos, foi detetada uma situação de risco, no que concerne à comunicação interna. Com o objetivo de ultrapassar esta situação a instituição recorreu a um formador que depois de analisar o problema, aconselhou formações individuais e de grupo a todos os níveis da instituição. No final, a comunicação tornou-se mais eficaz, os diversos profissionais começaram a conhecer-se melhor e as equipas e grupos de trabalho ficaram mais próximos.

Em maio surgiu a pós-graduação em Gestão de Equipas de Cuidadores de Idosos, ministrada pela Associação Conversas de Psicologia em parceira com a AEDL, em que mais uma vez esteve presente um elemento da gestão de topo e toda a equipa técnica do lar.

Questionado sobre os custos de todo este processo de certificação, João Canedo, presidente da Direção do Lar D. Pedro V, afirma: “Muitos questionam o custo elevado da qualidade e a insustentabilidade das IPSS, mas a qualidade custa dinheiro e os serviços prestados por estas instituições são essenciais para a comunidade. As vantagens da certificação superaram todas as despesas que possamos ter, uma vez que a nossa missão deve ser cumprida com afinco e qualidade”. E remata: “Numa década, passámos do Asilo da Praia a um Lar de referência. Em janeiro de 2018, vimos a qualidade do nosso trabalho ser premiada e reconhecida novamente com a renovação da Certificação da ISSO 9001, com a transição para a nova versão de 2015. O tratamento humanizado faz com os utentes se sintam bem integrados e em família, o que se pode verificar no vídeo realizado pelo repórter Rui Caria, aquando da comemoração dos 155 anos da nossa instituição, a 10 de agosto de 2017 – ‘Um dia seremos idosos’”.

VOLTAR

Politica de Privacidade